A Palavra do Embaixador

Ambassadeur

« Caros compatriotas, Caros Moçambicanos, Caros Internautas…»

Apresentei hoje, 12 de Junho de 2015, as minhas cartas credenciais à Sua Excelência Filipe NYUSI, Presidente da República de Moçambique e tomei oficialmente as minhas funções como Embaixador da Argélia em Maputo.

É ao mesmo tempo um grande orgulho e um privilégio para mim representar a Argélia em Moçambique, este grande país amigo, tendo em conta as excelentes relações históricas marcadas de amizade e solidariedade que unem os nossos dois países.

Esta acreditação coincide, este ano de 2015, com a celebração do 40º aniversário da independência nacional desta nação corajosa, ao lado da qual a Argélia esteve ao dispor nos momentos mais cruciais do seu combate pela recuperação da soberania.

É assim que logo em Janeiro de 1963, quer dizer, apenas seis meses depois da sua independência, a Argélia ainda magoada pelos sete anos e meio de luta, recebia para treinos militares dois grupos de 250 guerrilheiros da Frente de Libertação de Moçambique (FRELIMO), encabeçados por Samora Machel. Estes guerrilheiros fizeram parte dos que desencadearam a luta armada pela independência de Moçambique, durante dez anos, de 25 de Setembro de 1964 a 25 de Junho de 1975, data em que Samora MACHEL tornava-se primeiro Presidente da República Popular de Moçambique.

Esta relação forte foi cimentada e reforçada ao longo da luta heroica de cada um dos nossos dois países pela libertação e independência nacionais.

Desde então, a história comum com este magnífico povo, foi marcada por gestos fortes de uma solidariedade formidável, de partilha de valores comuns de compromisso com a paz, com o desenvolvimento de uma África pacífica, de visitas, de trocas, de acolhimento de estudantes deste país amigo na Argélia…

Hoje, no prolongamento da acção conduzida pelos meus antecessores e consciente das expectativas cada vez maiores dos nossos dois países, dedicar-me-ei, com o apoio da equipa da Embaixada, a conferir um novo impulso a esta cooperação bilateral no sentido da consolidação e alargamento desta excelente relação política aos domínios económico e cultural.

Por via deste site internet da Embaixada da Argélia em Maputo, quero igualmente agradecer a todos os Moçambicanos pelo acolhimento logo muito caloroso que me foi reservado desde a minha chegada a este belo país.

O Embaixador, Tayeb MEDKOUR